26 de abr de 2011

PÂNICO 4 (Scream 4)


Após 15 anos da estréia do primeiro filme, essa sequência serviu apenas para atualizar o intelecto do maníaco assassino, que agora utiliza facebook, vídeoblogs e celulares para sua matança, mas ainda continua obcecado por Sidney Prescott, personagem de Neve Campbell, que deixou de ser uma vítima sexy e valente para se tornar uma mulher problemática que se veste como uma velha de 50 anos e não presta para mostrar sequer meio peito. As mortes continuam fraquinhas e não muito violentas, mas sempre precedidas de criativos enredos de suspense. Achei legal as inúmeras referências irônicas a outros filmes do gênero, como Jogos Mortais e Premonição. E é só isso que tenho a dizer do filme, galera. Nenhuma cena de sexo, nenhuma gostosa exibindo curvas e um monte de mortes que já nem chocam mais o público, tão acostumados que estamos com a violência em nosso dia-dia. Pelo menos, o final é surpreendente, mas mesmo assim não vale o ingresso de cinema.

2 comentários:

Anônimo disse...

Já que acabou com o filme mesmo... conta o final ai! Quem quiser assistir que não leia!
Palpites para a final do paulista?

SS disse...

bem bolado! bem bolado.... ihiii