14 de dez de 2010

SINAL DOS TEMPOS


Ele ainda nem foi lançado oficialmente. Mas um conjunto de material didático destinado a combater a homofobia nas escolas públicas promete longa polêmica. Um convênio firmado entre o Ministério da Educação (MEC), com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e a ONG Comunicação em Sexualidade (Ecos) produziu kit de material educativo composto de vídeos, boletins e cartilhas com abordagem do universo de adolescentes homossexuais que será distribuída para 6 mil escolas da rede pública em todo o país do programa Mais Educação.
Parte do que se pretende apresentar nas escolas foi exibida ontem em audiência na Comissão de Legislação Participativa, na Câmara. No vídeo intitulado Encontrando Bianca, um adolescente de aproximadamente 15 anos se apresenta como José Ricardo, nome dado pelo pai, que era fã de futebol. O garoto do filme, no entanto, aparece caracterizado como uma menina, como um exemplo de um travesti jovem. Em seu relato, o garoto conta que gosta de ser chamado de Bianca, pois é nome de sua atriz preferida e reclama que os professores insistem em chamá-lo de José Ricardo na hora da chamada. (...)

COMENTÁRIO DO BLOG: Não tenho filhos ainda, mas desisto de te-los, se esse projeto for aprovado. As crianças devem aprender a respeitar os homossexuais, não a considerar o homossexualismo uma opção natural.

8 de dez de 2010

TRIO DE MERDA



Grupo conhecido como "trio de ferro" do futebol paulista, Corinthians, Palmeiras e São Paulo amargaram um 2010 sem conquistas. Contratações que não deram certo, inquietação nas respectivas políticas internas e trocas de técnicos podem explicar o fracasso dos times da capital.

TÉCNICOS DO TRIO DE FERRO EM 2010

Corinthians: Mano Menezes, Adílson Batista, Fábio Carille (interino), Tite

Palmeiras: Muricy Ramalho, Antonio Carlos Zago, Jorge Parraga (interino), Murtosa (interino), Luiz Felipe Scolari

São Paulo: Ricardo Gomes, Milton Cruz (interino), Sérgio Baresi (interino), Paulo César Carpegiani

A última temporada em que o trio da capital passou em branco foi 2004, há seis anos. De 2005 a 2009, pelo menos uma das equipes ergueu algum troféu, nem que fosse em âmbito estadual.
Neste ano, porém, apenas os torcedores do Santos gritaram “é campeão”, no Estadual e na Copa do Brasil. A Libertadores foi para Porto Alegre, com o Internacional, e o Brasileiro ficou no Rio de Janeiro, com o Fluminense.
A prova da instabilidade está no excesso de troca de técnicos entre os grandes paulistanos. Juntos, Corinthians, São Paulo e Palmeiras foram comandados ao longo da temporada por nada menos do que 13 profissionais diferentes – oito treinadores efetivos e cinco interinos.

Corinthians

Para o ano de seu centenário, o Corinthians apostou em atletas experientes para reforçar o elenco, casos de Roberto Carlos, Danilo, Tcheco e Iarley. Apenas Roberto Carlos, aos 37 anos, fez sucesso e virou titular absoluto.
Mano iniciou a temporada no comando e levou a equipe alvinegra até as oitavas de final da Libertadores, quando fracassou diante do Flamengo. Mesmo com o fracasso, permaneceu no cargo, reagiu no início do Brasileiro e saiu em alta para assumir a seleção brasileira, com o time então na liderança da Série A.

7 de dez de 2010

MALOQUEIRO E SOFREDOR (graças a Deus)



A última baixaria alegria do ano, para uma torcida que não vive de títulos, vive de Corinthians. Pois é....Corinthians é isso...

2 de dez de 2010

ADIVINHEM SÓ...

...quem será o árbitro de Fluminense X Guarani no próximo domingo???


O Fluminense vai ter que jogar muito pra ser campeão brasileiro...

FANFARRÃO

PASSAGEIRO BÊBADO LANÇA ÂNCORA DE CRUZEIRO AO MAR

O passageiro estava bêbado quando atirou a âncora ao mar. O passageiro de um cruzeiro que viajava pelo Caribe foi preso por jogar a âncora ao mar com o barco em movimento.
Rick Ehlert, de 44 anos, se dirigiu para uma área restrita do barco, pôs luvas e soltou a âncora do navio quando este se encontrava no meio do Golfo do México.
Ele disse que estava bêbado.
O navio MS Ryndam, com capacidade para 1.260 passageiros, ia da Costa Maia no México até a cidade de Tampa, na Flórida.
Ao perceber que a âncora havia sido lançada ao mar, o capitão do navio fez um anúncio pedindo informações aos passageiros. Ehlert foi identificado pelo circuito interno de câmeras do barco.
Ele foi preso e indiciado por tentar causar dano à embarcação e ameaçar a segurança do navio. De acordo com o FBI, Ehlert foi liberado sob fiança de US$ 15 mil (cerca de R$ 26 mil).
Se for condenado, Ehlert, que viajava com a namorada, pode ter que pagar uma multa de US$ 250 mil e ser preso por até 20 anos.
O relatório do FBI diz que a âncora poderia ter feito um furo no casco do navio e causado até o afundamento da embarcação.
Ehlert disse aos investigadores que estava bêbado e que o sistema da âncora do navio era similar ao do seu próprio barco.
O navio não foi danificado e continuou sua trajetória até a Flórida.

COMENTÁRIO DO BLOG:  Olhem o tamanho do navio que o mané quis ancorar sozinho. Será que estava só bêbado mesmo?