22 de mai de 2012

A HORA DA VERDADE


Nunca ninguém pensou no serviço que a matemática presta a nós, homens.

Um comentário:

Anônimo disse...

Vai, rebola gostoso que eu to pagando! Agora desce rodando no cano...