29 de mar de 2011

SEJA BEM VINDO, FABULOSO


Recepcionado em altíssimo estilo, pelo goleiro artilheiro Rogério 100, o novo centro avante do São Paulo, Luis Fabiano, o Fabuloso, foi apresentado à torcida na noite desta terça-feira (29/03). O Morumbi estava lotado com 45 mil torcedores que explodiram de alegria ao ver 02 ídolos gigantescos no palco. A festa ainda contou com celebridades são paulinas, como Andreas Kisser, Nando Reis, César Filho e o cantor Nasi, entre outros.
Quando chamado a discursar, nosso capitão falou em alto e bom som: "O que aconteceu esta noite jamais acontecerá novamente, porque nós temos a casa para isso acontecer, para receber a imensa nação são-paulina".
Trata-se de mais uma noite são paulina, realizada por competentes são paulinos e oferecida para a torcida são paulina, dentro da casa são paulina. Parabéns a todos nós.  

6 comentários:

Perda de tempo disse...

Títulos do Luis Fabiano pelo São Paulo?
Copa Silvio Santos e Torneio Mario Covas em 2002 e 2003 respectivamente, realmente merecido.

Cabelo disse...

Então, pra bicharada, por causa desses títulos, ele faz jus ao epiteto de "Fabuloso". Fabuloso pipoqueiro, isso sim! Foi varrido do morumbicha, vaiado, assim como o kaká. Agora temos que aguentar esse post ridículo... aff! Os bambinos são uns cínicos mesmo!

Quando o Raí voltou, jogador de verdade e com história de títulos no clube, não me lembro de uma PAPAGAIADA dessas...

Bicharada gosta mesmo de causar só pra aparecer!

Anônimo disse...

os cocorintianos tão bravinho?
#chupagamba
#100estadio
#100passaporte
#mas tem o Adriano... força lá! Boa sorte na empreitada.
Ganharam 11 jogos e perderam o jogo que entrou para historia do Futebol Brasileiro... e o tabu? Esse ninguem lembra mais é só mais um na historia dos rivais paulistas!

mudinho disse...



Lestat disse...

Concordo com todas as críticas quanto à falta de títulos importantes do Fabuloso pelo São Paulo.
Realmente, são os títulos conquistados que gravam a carreira de um atleta com a marca de vitorioso, derrotado ou pipoqueiro.
Mas o que eu vi o Fabuloso fazendo em campo no ano de 2003, quando o time do São Paulo era fétido, faz-me acreditar que, agora, com Lucas, Rivaldo, Rogério Ceni e o próprio Fabuloso mais maduros e determinados, tudo tende a ser diferente.
Por enquanto, tanto as críticas quanto os elogios são mera projeção das expectativas dos invejosos e dos torcedores, respectivamente.

Abraços a todos.

Anônimo disse...

Ah! ele é igual ao Kleber do Palmeiras. A diferença é que o Kléber ainda dá pontapé e desce o braço!!!