15 de dez de 2008

O DE SEMPRE

Sou obrigado a confessar. Não há nada mais patético que essa minha incessante busca pelo amor. Já tentei de tudo: bonita, feia, alta, baixa, gorda, magra, preta, branca, loira, ruiva, japa, índia (peitaria mole...rs), santa, vaca, inteligente, burra, religiosa, zen, etc. Nenhuma deu certo.
Gostei de todas e todas gostaram de mim, mas sempre acontece algo que torna a relação insuportável e quase sempre a culpa é delas, por não respeitarem o meu jeito garotão, beberrão, são-paulinão, gandaierão, madrugaderão de ser.
Essa mulherada tá acostumada com homem bunda mole que se apaixona e muda de postura. Mesmo advertidas previamente, acham que vão conseguir me mudar e se arriscam. Depois transformam minha vida num inferno de críticas e lamentações.
Que essa mulheres vão todas se fuder. Aqui não tem marionete não.
Daqui pra frente, a mulher que quiser um relaciomento comigo vai ter que me entender e me acompanhar. Mas não é só isso. Vai que ter me entender muito mais do que me acompanhar.
Não adianta. Por mais que eu tente me render aos chamados do amor, a minha natureza não permite.
Eu nasci pra ser solteiro.
Ou talvez ainda não tenha conhecido a mulher certa, mas isso é papo de mesa de bar pra comer mulher carente e burra...rs.
Fui, galera.

8 comentários:

Renata Ingrata disse...

Bem, pelo teor do post, acho que você não tentou a única que faltava e que daria certo: TAPADA CORNA SUBSERVIENTE.

Querido, seus antepassados já tentaram isso e o resultado, infelizmente, você já sabe: é impossível o que você quer.

Relacionamento é compromisso e abdicação, ainda que parcial. Esses atributos (na realidade hábitos) citados da sua personalidade, do jeito que você quer (descomedidos), são incompatíveis e inconciliáveis em qualquer relacionamento sério com uma mulher decente.

Pelo jeito você quer só quer vantagem: uma mulher na hora que melhor lhe convier e que ela aceite suas cafajestadas silente.

Você não quer deixar (não esta preparado) essa vida de gandaiero, portanto, fique nela e não faça mais nenhuma mulher de trouxa.

Evolua ou mude para um país islâmico.

Anônimo disse...

huahauahaauhau

Lestat disse...

A grande maioria foi tapada corna subserviente. O problema é que não suporto mulher submissa.

Por mais que aparente o contrário, não sou nem um pouco machista e admiro muito mulheres que sabem se impor.

Mas todas que conheci confundiram esse "saber se impor" com "subjugar o homem".

Viraram estatística.

Armand 11 disse...

Caro Peter Pan:

Quem foi que disse que ser solteiro é fácil?

Quem te disse que é para qualquer um?

Seu amor próprio tem que ser tão grande, a ponto de não sentir qualquer tipo de carência, medo, insegurança, fraqueza, dor... Nada.

Tudo tem que ser auto-resolvido.

E não ache que ser solteiro não da trabalho.

Você tem que trabalhar 4 vezes mais, 90% das vezes de ressaca, para bancar as baladas e a mulherada (pois namorada vc compra uma pizza de R$ 18,90 e um filme na locadora de R$ 5,00. Além de fazer sexo em casa).

Destarte, deve que ter um carro descente, estar em forma, saudável, bem vestido, limpo e bem acompanhado, com amigos descentes, que não queimem seu filme.

E tem mais:

Tem que ser culto, inteligente, sagaz, viajado e antenado com as novidades do mundo.

Não bastando, tem que ser carinhoso, gentil, solícito, companheiro (até finalizar pelo menos...).

E por fim, tem que ser bonito, cafajeste, pegador e principalmente Muito Bom De Cama!!!

Cara, 90% destas qualidades vc tem (exceto pelo fato do banho e das roupas limpas).

Só falta o amor próprio e incondicional.

A pergunta é:

Você se ama o suficiente?

E me amo!

Anônimo disse...

Nasceu pra ser solteiro ou solitário?

Mariana Melo disse...

Lestat, caro Lestat,

No fundo, no fundo, todos nós queremos enroscar nossos pezinhos gelados com alguém debaixo do cobertor.


Sem mais delongas,



Milady

Armand disse...

Eu quero enroscar é meus pelinhos suados na mulherada ahuhuhuhuhuhuhuhuahuhauahuahauhuahuahauahuahauhauahuhauhauhauahuahauah!!!!!!

BALEIA disse...

Caro lestat, tendo em vista que você tem 90% das qualidades de um homem solteiro, o que falta mesmo é você largar de ser um bebezão. Só assim você vai conseguir realmente viver como um solteirão convicto.