21 de jul de 2008

APLAUSOS, POR FAVOR


Desde a vergonhosa conquista do título brasileiro de 2005 pelo Sport Clube Corinthians Paulista, todos nós, brasileiros amantes do futebol, temos suportado o amargo sabor da injustiça. Nossas crianças, corinthianas ou não, foram obrigadas a conviver com a realidade da corrupção e os benefícios da sua impunidade.
Mas este senhor da imagem acima vem aos poucos mostrando que a justiça tarda mas não falha. Ele tem garantido que nossos ideais de cidadania e justiça não devem morrer. As negociações inescrupulosas, as transações obscuras, as cifras milionárias de origem duvidosa; enfim, todo essa imensa estrutura de corrupção que o Corinthians sustenta, graças a esse senhor, está ruindo a cada dia, a cada jogo, a cada frango.
Graças a esse senhor, de nome Felipe, hoje podemos dizer sinceramente que o crime não compensa e que a justiça existe.
Senhoras e senhores, peço encarecidamente a todos que cumprimentem Felipe, o paladino do futebol, cuja incompetência e falta de talento têm representando perfeitamente a espada da justiça, mesmo onde ela aparentemente não alcançava.

11 comentários:

Anônimo disse...

paú no seu cú e, no dele.

Anônimo disse...

Na verdade o mundo é sempre cheio de gente medíocre e superficial, inclusive blogueiros. São Paulino pode ficar chorando um século inteiro do título justo do Timão de 2005, agora do título Brasileiro do São Paulo de 86 com gol impedido contra o Guarani você esqueceu, com certeza. Agora falando de confrontos importantes, o mais importante confronto entre Timão e São Paulo na história, foi na final do Brasileiro de 90, que o São Paulo sagrou-se campeão humilhando o corinthians, 4 a 0, com três gols do Raí e um gol contra do Tupãzinho. Que vergonha foi aquilo, nossa............O lugar do timão é na segunda divisão mesmo.

Miro__________________bem no seu toba disse...

Por conveniência, são paulino tem memória curta, que remonta, no máximo, ao ano de 1992. Só. antes disso a "história" do tricolor é pífia, como bem rememorou o post acima. Contudo, a POMPA dos tricobichas é que é bunita. O coisa bela!

Lestat disse...

Algum dos sábios aí pode me dizer qual título expressivo o cocorinthians tinha antes do Brasileiro de 1990??? Brasileiro, o SPFC e o Palmeiras já tinham dois cada.
Campeonato paulista nao vale nada, ok? e aquele paulistão de 77, conquistado na marra contra a vendida Ponte Preta, só serve pra lembrar que os gambas ficaram 23 anos na fila sem ganhar nem uma merda de paulista.
E, pelo que me lembro, o cocorinthians perdeu o brasileiro de 94 pro maior rival, o Palmeiras. Portanto, o que os gambás alegam do SPFC em 1990, coube-lhes em 1994.
Podem escolher o ponto de vista, ok? Seja por fatos ou conjecturas, o Corinthians é sem dúvida o clube mais ridículo, desonesto e anti-desportivo do futebol paulista. A gambazada devia se mudar pro Rio e jogar o carioca, em meio a seus pares.
Minha gente, a derrota faz parte da disputa honrada, mas a vitória desonesta não. Esse é o tema do post.

Em tempo: as falácias dos gambás são aceitas apenas porque não dá pra exigir muito dessa gente mesmo.

Outros torcedores, por favor, não falem asneiras, pois serei obrigado a classificá-los como corinthianos, o que é grave.

Abraços a todos.

vixi...vixi...vixi...humilhei...humilhei)

Anônimo disse...

Acho que o título do paulista de 77 do cocorinthias foi o mais absurdo de todos. O craque da ponte na ocasião, Rui Rei, foi expulso de forma bisonha e meses depois tava lá no corinthias... Fora a arbitragem. Sem contar que os três jogos foram no morumbi. Aliás, o ano de 1977, malgrado o título paulista, foi o da estréia da grande sina que carrega o cocorinthians: O clube havia disputado pela primeira vez a Copa Libertadores da América e fracassou ainda na primeira fase. Nem imaginavam o que estaria por vir!!!!
P.S. - Lestat, apenas para constar, os gambás perderam, para o Palmeiras, a final do paulista de 93, a final do Rio-São Paulo de 93 e a final do Brasileiro de 94. Foi uma atrás da outra, pra regaçar e calar a boca.

Anônimo disse...

Depois o Corinthians foi Campeão Paulista de 95 em cima do Porco em Ribeirão......foi dado o troco.

Anônimo disse...

Aff! que comparação ridícula. Dado o troco? Temos um legítimo cocorinthiano no blog. IGNORANTE.
PS - V.Sª Não esqueceu aquelas libertadores de 99 e 2000? Isso aquelas que vcs tinhas um time muito melhor.....no Paulista vcs ganharam, mas quando o assunto envolve libertadores..... e Palmeiras....

Anônimo disse...

Em tempo: O Palmeiras, em 95, vinha de um bi-campeonato Brasileiro, de um bi-campeonato Paulista e disputava a libertadores, juntamente com o sp de Tele Santana. Vc acha que o Palmeiras estava preocupado com uma final de paulista com os gambás. Na realidade estavamos com pena em razão de tudo aquilo que já haviamos lhe proporcionado....

Anônimo disse...

Quanto tempo faz que o Porco não ganha um título Brasileiro ?

Anônimo disse...

Quanto tempo faz que os gambás não ganham uma Libertadores? Aliás, Quanto tempo faz que os gambás não chegam a uma final de Libertadores?
Até o São Caetano já disputou final de libertadores.

Anônimo disse...

É né gambazão, baxo a bola memô-!