29 de set de 2007

Dando a volta por cima...

Agora chega. Todo mundo tem limite e definitivamente já faz tempo que eu ultrapassei o meu. Agora é cada um por si e Deus por todos.

Quem não entendeu esse post não precisa ficar encucado. Ele tem destinatário específico.

5 comentários:

Anônimo disse...

" Reconhece a queda
E não desanima
Levanta, sacode a poeira
Dá a volta por cima"

Salscoap

Anônimo disse...

Uma das grandes virtudes que uma pessoa pode ter, que na verdade não é uma grande virtude, é simplesmente tudo: inteligência, e o que é inteligência para mim? Primeiramente saber distinguir o que é certo do que é errado, esse já é o primeiro passo para a inteligência. Na vida sempre temos duas alternativas, o certo e o errado: E basta escolhermos o caminho a seguir, alguns caminhos oferecem uma alternativa de retrocesso outros não. Uma pessoa inteligente sempre saberá qual é o melhor caminho para ela, mesmo que tenha que saborear o gosto amargo do caminho errado, mas ela sempre caminhará pelo caminho do bem e das coisas corretas, pois senão a única conclusão que teríamos: essa pessoa não é inteligente.
Peixe, você é inteligente e seu caminho sempre será o certo, do bem e de sucesso.......

Suil

Lestat disse...

A minha queda, pelo visto, não foi de todo má. Trouxe-me de volta, com o coração aberto, meu amigo Sascoalp. Obrigado pelas consignações, bom amigo. É gigantesco o bem que a sua presença, ainda que virtual, me faz.

Anônimo disse...

Meu Irmão,

Desculpe-me se parecia que estava distante, na verdade, só caminhavámos em direções diferentes. E eu nunca quis ser o chato que fala: "Não faça isso", pois, eu sempre odiei os chatos que me falaram isso.
Você tem que tomar as decisões, o que nós (eu, suil, armand) temos a obrigação de fazer é tornar essa jornada possível, quiçás, prazerosa.

Ps. "Nunca se justifique, os inimigos não acreditam, os amigos não precisam"

Ps2. Se vc não entendeu, dane-se, o recado é para o Lestat.

Sascoalp

Lia disse...

"Hoje eu estou acabando com a bagunça!
Livrando-me da confusão que me rodeira, como teias de aranha no meu teto.
Estou libertando minha alma cansada, antiquada e sem sentido!
Saindo das armadilhas há muito tempo enferrujadas.
Estou fazendo como fazem as empresas ao se reorganizarem, perdoando dívidas, amortizando perdas e estabalecendo bom crédito para mim mesmo.
Há algumas coisas que simplesmente precisam ser amortizadas.
E algumas pessoas também...!"
(June Gatlin)

As mudanças são necessárias quando alguns caminhos nos conduzem sempre ao mesmo destino...

Seja feliz sempre!!!!
Estarei aqui sempre que precisar!!!

Beijinhos...
^^