18 de set de 2007

Um Venezuelano muito louco

Galera, vejam só que absurdo.
Um Venezuelano de 33 anos sofreu um acidente numa rodovia e foi dado como morto. Chegando no necrotério pra fazer a autópsia, no momento da primeira incisão, o morto começou a sangrar. O legista, desesperado, iniciou a costura da incisão, quando surpreendentemente o morto acordou reclamando de dor.
A esposa do morto-vivo estava aguardando pra identificar o corpo e acabou vendo seu marido caminhando pelo corredor do necrotério.
Agora imaginem só a correria que deve ter ocorrido no necrotério quando viram um morto andando e falando logo após o início da autópsia. Deve ter sido algo digno de um filme de terror, ou comédia.
Alguém aqui me disse que na série Lost, o personagem de Rodrigo Santoro foi picado por um mosquito e o veneno do bicho o paralisou totalmente, levando todos a crer que havia morrido, reanimando-se apenas durante o seu sepultamento, ou seja, tarde demais.
Pelo menos, esse Venezuelano conseguiu acordar antes de abrirem ele inteiro na mesa da autópsia.
P.S.: O termo técnico correto é necrópsia, mas eu usei a palavra autópsia pra não dificultar a leitura de quem não sabe disso. Agora sabem.

5 comentários:

Elleina disse...

Só para deixar um oizinho... disse que diria sempre qdo passasse por aqui...
Bjo

Cabelo disse...

Esse cara não me engana! Se fingiu de morto só pra tentar comer o coveiro, que devia ser são paulino, que amarelou na bombonera e vai tentar reverter o resultado na bambinera.

Suil disse...

Quanto foi São Paulo e Boca?

Lestat disse...

É incrível como Corinthianos e Palmeirenses acordam cedo pra comemorar uma derrota do São Paulo. Fico imaginando quando acordarão cedo pra comemorar algo do próprio time. Pelo que sei, esse povo vai dormir até tarde por muito tempo...

cabelo disse...

Como auto-intitulada melhor defesa do campeonato brasileño consegue tomar dois gols de cabeça do Palermo? Um cara que certa feita errou três penaltis na mesma partida.........Sem falar do cabelo do cara!!!!!