27 de mar de 2007

O PADRE NAZISTA

Essa eu tinha que comentar.

Um padre infeliz de Niteroi/RJ se negou a celebrar o casamento de um casal de deficientes. O Padre João Pedro Stawicki justificou sua recusa no fato da noiva já ter sido evangélica, como se isso fosse um pecado imperdoável. E eu achava que a igreja católica tinha como um de seus principais objetivos a conversão de ovelhas desgarradas.

Na verdade, está mais que na cara que o casamento deixou de ser celebrado em virtude da deficiência dos noivos. Ele tem paralisia cerebral, causando-lhe deficiência motora; e ela tem déficit de aprendizado, ou seja, é meio burrinha.

Ao saber disso, nosso querido Padre João Pedro, espelhando-se em Hitler e temendo a involução da raça humana, negou-se a abençoar a união e perpetuação de uma linhagem que entendeu ser defeituosa.

Vejam mais em:

http://noticias.uol.com.br/ultnot/agencia/2007/03/27/ult4469u789.jhtm

5 comentários:

ARMAND disse...

Fazer o que?! Brasil... Leia a saga do Ladslau pra vc se revoltar um pouco mais com o preconceito:

www.blogdazebra.zip.net

suil disse...

Peixe...bebeu?

Anônimo disse...

Pra vc ver...indignação ao ler tbem...sorte não ser comigo ou alguem próximo!!
Parabéns por colocar a noticia no seu Blog...mais um motivo pra adimirá -lo!!!Abços!

Anônimo disse...

Ainda bem que temos um padre consciente,mais desempregados e passando fome .e vivendo na miséria. para que?

Stefano disse...

Olá, nobre imortal...
http://stefanolaico.multiply.com/photos

veja estas fotos de padrecos nazis.