7 de fev de 2011

O CORINTHIANS AMA O PAULISTINHA


O Felipão deu a dica pra quem quisesse entender: "Se for pra manter o Tite no cargo, prefiro perder". Será finalmente a união dos técnicos contra a péssima cultura dos dirigentes brasileiros? Acho que não. O Palmeiras não entregou o jogo. O Palmeiras perdeu porque é fraco mesmo. Assim como é fraco o São Paulo (que também perdeu ontem) e não é o Santos, apesar dos dois últimos empates, que só se explicam pela proximidade da estréia na Libertadores.
Enfim, o que estou dizendo é que perder o clássico ontem não foi nada demais pro Palmeiras, mas quem nega que foi a salvação Corinthiana? O Corinthians lava a alma no Paulistinha. É o reduto gambá.
E onde foi parar aquele time ridículo que foi eliminado da pré-Libertadores no meio da semana? Ontem não foi aquele time que jogou no Pacaembu. Não foi grande coisa, mas o que eu vi ontem foi um corinthians mordido, jogando com orgulho e raça. Tomou sufoco, mas acabou vencendo. Venceu do jeito corinthiano, com suor e lágrimas.
Acho que os ingredientes pro êxito corinthiano de ontem são evidentes. Primeiramente, só entraram jogadores profissionais de verdade, sendo que os gordos, bêbados e descomprometidos ficaram de fora. Mas creio que o detalhe mais importante foi a ausência da torcida, fator que deu tranquilidade e segurança para os atletas poderem desempenhar seu papel e conseguirem a surpreendente vitória. A fidelidade da fiel torcida foi jogada no lixo, quando houve a invasão do C.T. Corinthiano e a depredação de patrimônio.
Ontem ficou claro que o Corinthians não depende de apoio da torcida, nem precisa de Ronaldo baladeiro e Roberto Carlos pipoqueiro. Precisa é de brio e profissionalismo. Duas qualidades que o Corinthians parece possuir apenas em campeonatos paulistas.

3 comentários:

Anônimo disse...

Vixi!

Lestat detonou!

Anônimo disse...

“Eu fui lá falar pra ele que é o seguinte, a gente teve várias oportunidades nessa semana de tirar um sarro do Corinthians, né? E a gente, mesmo no ano passado o Elias – quando a gente perdeu pro Goiás – colocou no twitter que a gente tinha perdido pro time b do Corinthians. A gente teve a oportunidade de descontar contra o Tolima, agora na quarta-feira, mas todos os jogadores do Palmeiras respeitaram, ficaram quietos, ninguém humilhou o Corinthians, ninguém falou nada, não zoou com a torcida do Corinthians e eu achei um pouco injusto ele fazer o gol e ir lá comemorar na torcida do Palmeiras. Atravessa o campo e comemora em frente a torcida dele. Eu acho que é muito mais respeitoso.”

(Marcos, goleiro do Palmeiras, sobre a comemoração do gol do Alessandro)

Ricardo Malagodi disse...

Talvez vc não conheça, mas visite o blog http://nocudosjuquinhas.wordpress.com/ e veja a reação de outros tantos leitores do Blog do Paulinho que cansaram de tomar TOCOS e receber respostas agressivas e ofensivas por parte do periodista maluco.