21 de fev de 2011

NADA DEMAIS...

Muita hipocrisia insinuar que há algum problema no fato do Ronaldo e do Roberto Carlos fumarem. A história dos dois atletas é a evidência irrefutável de que isso é um problema exclusivo deles. Ambos são ícones do futebol e estão entre os melhores jogadores da história (talvez os melhores mesmo) em suas respectivas posições.

Eles são pessoas públicas e têm o direito de não querer isso divulgado. Mas, cá entre nós, isso tudo não passa de perseguição e falta de competência de alguns profissionais da imprensa, que poderiam ser úteis dentro da profissão, mas recorrem a uma trairagem dessa pra lucrar uns cobres. Acho também que há muita inveja em volta do Fenômeno. Na foto aí à esquerda, tirada em 2008, ele já havia sido flagrado de cueca, gordo e fumando numa festa em Ibiza, na Espanha, onde certamente estava cercado de gostosas e curtindo a vida de um jeito que o tal fotógrafo jamais conseguirá. Mesmo assim, fumando, bebendo e fora de forma, arrebentou no primeiro semestre de Corinthians, em 2009.  Isso sim é fenomenal.
À direita e abaixo, as polêmicas fotos tiradas na última quinta-feira (17/02), durante uma festa na casa do Fenômeno. Ele ficou puto, claro, porque são fotos não autorizadas e o fotógrafo teve que subir no muro pra consegui-las. Disse que vai processar o fotógrafo.
Aliás, com o tema em discussão na mídia, acabei de ler no Blog do Perrone que os dois jogadores já tinham o hábito de fumar e eram criticados por isso desde a Copa de 2006 na Alemanha. No post é inclusive mencionado o fato de que o Marcos, goleiro do Palmeiras, também é fumante e que esse fato é conhecido e respeitado dentro do Parque Antártica.
Pra mim, tanto faz se eles fumam e bebem. Isso só faz deles seres humanos. Se considerassem isso errado, certamente não fumariam ali no evento, em frente a várias pessoas influentes e ligadas ao esporte. Talvez eles achem importante que isso não seja divulgado justamente para não influenciar milhões de crianças pelo mundo que os consideram ídolos e heróis.
Só quero ver o que vai acontecer agora com o tal fotógrafo (José Mariano, da Agência Estado), porque o Ronaldo é poderoso e influente. E certamente não vai admitir esse desrespeito com a sua privacidade.

5 comentários:

Pascoal (Fumante) disse...

Pessoas escrotas que sobem nos muros, pra invadir a privacidade dos caras. Pessoas escrotas que "consomem" esse tipo de notícia.

É uma pena, que esse tipo de jornalismo (será que posso chamar de jornalismo?) invada o universo futebolistico.

Como disse o São Marcos, em uma coletiva que perguntaram se ele fumava:
"- Fora de campo, não me segue que não sou novela".

Anônimo disse...

É isso aí, moçada exxxperta!

Nada demais meeesmo.

Cigarro é comprovadamente bom para a saúde, principalmente para atletas de alto nível.

Inclusive eu acho que há uma perseguição imotivida dos médicos e comunidade da saúde em geral ao cigarro.

Como já disse Milton Neves: Cigarro é um cilindro de papel, com fumo dentro, com uma brasa em uma ponta e trouxa na outra.

Anônimo disse...

Eu vim com a Nação Zumbi
Ao seu ouvido falar,
Quero ver a poeira subir
E muita fumaça no ar!!!

É claro como que o blogueiro irá defender a moral e os bons costumes, "baseado" em sua vida regrada e sem vicios.

É claro também que se Ronaldo parar de fumar ele poder chegar aos 150kg uma vez que quando abandona o vicio é normal o ganho de peso. Acho que ele esta certo afinal como ele não podia fazer uso de remédios para controlar seu hipotiroidismo necessitou de outros métodos, incluindo o uso de cocaina e tabaco.

Mourinho disse...

"Ambos são ícones do futebol e estão entre os melhores jogadores da história (talvez os melhores mesmo) em suas respectivas posições."

E poderiam ter sido melhores, diante do fato discutido nesse post.

Poderiam ter evitado várias vergonhas à seleção brasileira, tipo 98 e 06.

Poderiam ter evitado a maior vergonha do corinthians na libertadores.

Alguns vícios são incompatíveis com diversas atividades profissionais, principalmente com atletas de ponta.

Esse vagabundo gordo demagogo ainda teve a capacidade de discursar sobre sua saúde, hipertireoidismo (que é mentira), etc.

Não bastasse, ainda chorou.

Muito comovente, pouco convincente.

Adriano (centroavante do Roma) disse...

É isso mesmo Seu Lestat! Nada demais!!! Uhuu!!!