25 de nov de 2008

ROGÉRIO AIR CENI

Nome: Rogério Mücke Ceni
Posição: Goleiro
Altura: 1,88 m
Peso: 85 kg
Data de Nascimento: 22/01/1973
Local de Nascimento: Pato Branco/PR
Último Clube: Sinop (MT)
Principais Títulos: 1990 - Campeão Matogrossense Profissional, 1990 - Campeão Paulista Metropolitano Juvenil, 1993 - Campeão da Taça São Paulo de Futebol Júnior, 1993 - Campeão da Copa Libertadores da América, 1993 - Campeão Paulista de Aspirantes, 1993 - Campeão do Troféu Cidade Santiago de Compostela, 1993 - Bicampeão da Recopa Sulamericana, 1993 - Campeão da Supercopa dos Campeões da Libertadores, 1993 - Campeão Mundial Interclubes, 1994 - Campeão da Copa Conmebol, 1995/96 - Bicampeão da Copa dos Campeões Mundiais, 1996 - Campeão da Copa dos Campeões da Conmebol, 1998 - Campeão Paulista, 1999 - Campeão III Copa Euro - América, 2000 - Campeão Paulista, 2001 - Campeão do Torneio Rio - São Paulo, 2002 - Campeão do Supercampeonato Paulista, 2002 - Campeão na Copa do Mundo Coréia/Japão, 2005 - Campeão Paulista, 2005 - Campeão da Copa Libertadores da América, 2005 - Campeão Mundial de Interclubes - FIFA / Japão, 2006 - Campeão Brasileiro, 2007 - Campeão Brasileiro e 2008 - Campeão Brasileiro.
Recorde: Rogério Ceni está no Guiness - O Livro dos Recordes, como o maior goleiro artilheiro da história do Futebol, com 85 gols.

10 comentários:

Cabelo disse...

Em mais de 70% desses títulos ele esquentava o banco, enquanto um goleiro de verdade, nato, fazia seu papel debaixo das traves. Zetti e Marcos que o digam...

Anônimo disse...

Citação: "Recorde: Rogério Ceni está no Guiness - O Livro dos Recordes, como o maior goleiro artilheiro da história do Futebol, com 85 gols."

Deveria também estar no guiness por ser um arremedo do Chilavert, que lhe causou um trauma psicológico e complexo insuperáveis: quis dar uma de goleiro artilheiro depois de vê-lo, do banco de reservas, em 1994, desmoralizar os bambis, dentro do morumbicha, na final da libertadores.

Mariana Melo disse...

Rogério bambi. Hmpf.

Armand disse...

Olha o nipe dos comentarios:
1- Um Porco desesperado por uma vaga na libertadores.
2- Um Gambá bebado pela conquista da SEGUNDONA
3- Uma Bacalhau rebaixada graças a 3 milagres de Air Ceni

Recalque é foda...

Anônimo disse...

Contra fatos não há argumentos, não é Armand? Limitou-se a ofensas pessoais, fato esse que, por si só, já demonstra a veracidade dos outros comentários. Vaisifude.

Lestat disse...

Sério mesmo??? Vcs estão achando que a qualidade do Rogério Ceni é discutível???
Olhem de novo a ficha técnica do cara. Talvez vocês não estejam acostumados, Gambás e Porcos malditos, mas esses números são típicos de um atleta de elite, vencedor e competente.
Não há nada que desabone Rogério Ceni. Em qualquer outro time do Brasil, ele seria tão ídolo quanto é no SPFC.
Líder dentro de campo, competente, profissional, ético, frio, técnico, inteligente, tem atitude, não pipoca (mais), carismático, rockeiro e, acima de tudo, fidelíssimo ao seu clube. Um gênio...

Anônimo disse...

Bem, Lestat, mais o negócio do Chilavert é verdade! Ficou traumatizado! Fora isso, como ele não se considerava um arqueiro completo, não se destacaria. então, arrumou isso pra aparecer!

Parelli disse...

É... Rogerio achou que não era um goleiro completo, resolveu virar um dos melhores batedores de falta do Brasil, só para aparecer.
Então agora eu acho que não sou um advogado completo, então vou virar o melhor atacante do pais.
Atenção: 1...2...2 e meio... 3!
PLIN!
Pronto. Vamos jogar bola?!

Anônimo disse...

Chilavert + Final da libertadores de 94 = 1 lesado.

Anônimo disse...

"Para mim é um privilégio poder a cada ano que passa voltar ao Rio de Janeiro concorrendo a um prêmio importante como esse”, (comentou o capitão Rogério Ceni), que é o único jogador sempre presente entre os indicados desde a criação do prêmio, em 2005.
O unico jogador indicado ao premio desde sua criação.
Acho que foi o choque que ele sofreu na Libertadores!
CHUPA CÚRINTIA... CHUPA PORCADA...