8 de jan de 2008

PROMOTOR JUSTICEIRO

O Promotor de Justiça, Dr. Pedro Baracat Guimarães Pereira, estava dando um rolezinho básico com sua garota pela Avenida Republica do Líbano (perto do Ibirapuera) quando surgiu o motoqueiro Firmino Barbosa e tentou roubar seu relógio, simulando estar armado. O valente Promotor imediatamente sacou uma pistola e meteu dez balas no assaltante, o que acabou causando sua morte.
Ontem mesmo vi na TV alguns familiares do motoqueiro afirmando que ele não era criminoso e que tudo foi um mal entendido. Acontece que foram encontrados cinco relógios e documentos de terceiros em poder do defunto. O cara era relojoeiro, então?!?!?!
Pior ainda, depois que a TV divulgou a foto do bandido, apareceram os donos dos relógios encontrados. Há indícios também de que o motoqueiro integrava uma quadrilha especializada em roubar relógios rolex. E a família ainda vem dizer que foi tudo um mal entendido...
Na minha opinião o Promotor já estava entregando o relógio ao assaltante, quando sua garota disse: Caveira, meu Promotor. Senta o dedo nessa porra!!!

4 comentários:

Sascoalp disse...

DEZ BALAS?????? Caraca!!!!!!!!

Suil disse...

Bebe?

Lestat disse...

Pior que dos 10 tiros, 08 foram nas costas. O Promotor Nascimento deu 02 tiros no peito do ladrão e quando este tentou fugir (ou caiu de bruços no chão), levou mais 08 balaços nas costas. Conclusão: MP = BOPE

Michelle disse...

E se o promotor não carregasse tal título, seria ele tb intitulado justiceiro?

10 Tiros?!?!?!?!!!?!!?
ABSURDO! Sim, faz GRD diferença. Primeiro que o cara faz justiça tirando uma vida, e nao me importa o valor dela, afinal, nao tenho a minima ideia do valor da vida desse promotor. Ok, legitima defesa. NAS COSTAS?!?!?!!!? ABSURDO