9 de ago de 2012

RATOS GIGANTES


Presos se escondem em sacos de lixo para fugir de delegacia

Dois presos da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba se esconderam dentro de sacos de lixo, nesta terça-feira (7), para tentar fugir. De acordo com a polícia, o almoço foi servido às 11h e ao meio dia as marmitas de isopor das galerias são recolhidas. Quando um policial passou pelo corredor percebeu que os sacos 'se mexiam'. Ele pensou que fosse um rato, mas ao chegar perto descobriu os detentos. Os presos também usaram cobertores e as marmitas para disfarçar. (...)

COMENTÁRIO DO BLOG: Primeiramente, prum plano imbecil desse chegar perto do sucesso, ninguém poderia se mexer!!! Além disso, mesmo que conseguissem ficar imóveis durante tanto tempo, o peso dos sacos teria aumentado demais de um dia pro outro. De fato, criminosos normalmente são burros, os que foram presos, então, nem se fale. Eis a prova.

Um comentário:

Anônimo disse...

Me lembra uma velha piada de portuga, nessa mesma situação... O guarda chutou o primeiro saco, o cara fez um "qui qui qui", é só um rato, teria dito o guarda, no segundo saco, após o chute, saiu um "miau miau miau", um gato, afirmou o guarda. No último saco, onde estava o lusitano, após o chute, ele teria dito: "batatas, batatas, batatas". kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Boa hein!