27 de nov de 2009

SENTE A MARESIA

Com Obama na Presidência, EUA se tornam mais tolerantes com maconha


O café inaugurado na última semana na cidade de Portland, nos Estados Unidos, comporta entre 30 e 40 pessoas ao mesmo tempo. Lá dentro, funciona uma espécie de “mercado de pulgas”, em que as pessoas podem vender, trocar e consumir livre e legalmente o produto que as reúne ali: maconha.

A exemplo do que acontece nos tradicionais coffee shops da Holanda, o Cannabis Café é o primeiro lugar em que os usuários da droga podem se reunir e consumi-la sem risco de ter problemas com a polícia, contanto que haja um registro da necessidade uso por motivos medicinais. Seu surgimento está sendo considerado pelas organizações que lutam pela descriminalização da maconha como um dos principais avanços recentes no país, um reflexo de maior tolerância por parte do governo do presidente Barack Obama.

“Sem dúvida o governo Obama tem ajudado nosso trabalho. Houve uma mudança clara e absoluta de política e interpretação da lei”, disse Allen St. Pierre, diretor da Organização Nacional pela Reforma das Leis de Maconha (Norml, da sigla em inglês), um dos principais grupos defensores da legalização da droga nos Estados Unidos e responsáveis pelo recém-inaugurado café.

Um comentário:

Suil disse...

Parabéns ao São Paulo Futebol Clube: Decacampeão Brasileiro de Futebol, é mais fácil um camelo passar no buraco de uma agulha do que o Mengão perder do time reserva do Grêmio (que entregará o título ao Inter, rsssss, impossível) O Jason, time de chegada e no alto de sua empáfia não consegue ganhar do lixo do Goiás, e olha que eu ouvi o exemplo das uvas, mas os exemplos não são para todos os times, né? O São Paulo sucumbe mais uma vez e desmorona os já ridículos torcedores desse timinho sem vergonha e pipoqueiro. E tomem muito cuidado: Nem Libertadores poderá se classificar, jogará uma pré-libertadores contra um time boliviano e será sucumbido novamente, rsssss. Como o São Paulo me faz rir, rssssss.