8 de out de 2009

RIO 2016

Muito tem se falado sobre os problemas que a realização das Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro pode causar. Várias pessoas, brasileiros até, vinham defendendo que Madrid seria a melhor escolha por já possuir estrutura adequada, enquanto que o Rio necessitará de enorme investimento em obras. Especificamente quanto a esse aspecto do investimento, vi muitas críticas e temores com relação à competência e a honestidade do COB (Comitê Olímpico Brasileiro). Uma grande quantidade de brasileiros argumenta que a realização das grandiosas obras será ótima oportunidade para políticos corruptos se locupletarem com desvios de verbas e superfaturamentos.
Não nego razão aos críticos e temerosos, mas agora não há mais o que reclamar. O Rio foi eleito cidade sede dos Jogos Olímpicos de 2016 e vai ter que se preparar pra isso, com todas as obras, investimentos e adaptações necessárias. Então, cabe a nós, cidadãos de bem, fiscalizar e denunciar quaisquer irregularidades.
A minha única dúvida é: se conseguirmos eliminar o fator corrupção, no que eu acredito piamente, o Brasil realmente tem condições pra se preparar e realizar a Olimpíada?

5 comentários:

Carlos disse...

Vai ter olimpiada no Brasil?

Pascoal disse...

Odeio oba-oba, mas odeio mais ainda oposição sistemática, que, no meu ver, é um comodismo, uma resignação, um derrotismo e uma preguiça desgraçada de assumir um desafio. Pior do que não ter a Olimpíada é perder a chance de sediá-la depois de ter sido escolhida. Se temos histórico de corrupções e violências (precisa de olimpiada e copa pra roubar aqui então), mas ganhamos crédito com economia e política estável.

Em vez de nos acovardarmos e ficarmos lamentando termos sido escolhidos e ficar vomitando palavras de ódio de que é o caos, que todos vão roubar, enriquecer, etc, não é melhor fazer um papel de imprensa e sociedade vigilantes para verificar com rigor como estão sendo feitas as obras e procedimentos necessários à realização da Olimpíada por aqui?

Na boa, temos que fiscalizar sim, não deixar a peteca cair. Se é preciso olimpíada de copa do mundo para termos obras de infraestrutura, cara, que do caralho que fomos escolhidos. é a chance de fazermos em alguns anos o que demoraríamos talvez decadas pra fazer. E com uma fiscalização global, de muita gente olhando o que tá rolando por aqui.

Odcer disse...

Chega de hipocrisia. O Brasil não merece e muito menos tem condição de sediar uma olimpíada. Supérflua vaidade política. Desnecessário salientar que a esmagadora população é de "zé povinho". Não se interessam pelo real legado de uma olimpíada. O Brasil não precisa de estádios, parques aquáticos, etc., precisa de um sistema de saúde digno, de edução de qualidade e acessível. Gastar essa mole de dinheiro para sediar olimpíadas, diante da realidade nacional, é ultrajante e, inclusive, deveria ser proibidade até a candidatura de países em igual situação. Se os governantes são parvos e inconsequentes o COI deveria recusar a candidatura com uma cartinha bem simples, nem precisa de AR: "Fala sério né mermão! Esse dinheiro, além de fazer falta pra vocês, deveria, com certeza, ser aplicado de outra forma. Aliás, população que vota em gente assim não merece um evento esportivo desta magnitude. Vão se fuder." E olha que eu nem falei de corrupção, etc.

parelli disse...

Ronaldo!

Anônimo disse...

Durante as olimpiadas, calçadas limpas pros mendigos dormirem e pedirem moedas com mais dignidade, atendimentos médicos emergenciais de primeiríssima qualidade pra socorrer as vítimas das balas perdidas e/ou refugiados da guerra do tráfico.